Categoria: Vênus

Vênus, o Amor e a Aliança de Eros

O amor sempre dá o que falar, não à toa as pessoas têm muita curiosidade sobre o assunto. Em Astrologia, o significado essencial de amor é representado por um Planeta específico; Vênus. Este Planeta fala não só sobre os nossos sentimentos, mas também sobre a nossa capacidade de afeição e por quem nos afeiçoamos. Quando se ama alguém, junto ao sentimento de amor surge também uma série de outros sentimentos.

Por outro lado, onde há amor também há encrenca. O grau de complexidade e desses sentimentos adicionais são diferentes astrologicamente, de acordo com os tipos de relação. Relação amorosa, profissional, familiar ou a nível de amizade. Chamamos esse complexo ou padrão de Aliança de Eros. Através dela é possível saber quais são os sentimentos elencados nessas relações, ou seja, no momento em que se é atingido pela flecha do amor.

Para isso, é fundamental identificar os aspectos astrológicos existentes entre a aliança de Vênus com outros planetas no mapa natal. Por exemplo, quando a Vênus forma uma aliança com Saturno e essa relação é harmônica, alguns sentimentos como sentir-se seguro, estruturado e estável são muito evidentes. É como se o amor existente consertasse na vida dessa pessoa uma eventual falta de estrutura pessoal, emocional e material que ela vinha sentindo. Dessa forma, ela sente que a partir da relação amorosa pode andar com solidez; evidenciando o poder estruturador do amor.

Já no caso de uma aliança desarmônica entre Vênus e Saturno, com aspectos complexos e bastante difíceis, há uma briga no mapa natal. Quando se ama, o sentimento elencado ao amor é o de rejeição nessa relação. Ainda que o parceiro não tenha cometido nenhum gesto ou ato depreciativo, é como se a pessoa se sentisse imediatamente rejeitada. O sentimento de estar apaixonado acompanha o sentimento de desmerecimento, insegurança pessoal e da sensação que faltam atributos para que o outro se encante. Logo surgem ideias de que o outro não vai corresponder ao sentimento ou de que a relação vai esfriar ao longo do tempo, pela incapacidade dela de despertar o amor no seu parceiro.

Mais adiante vamos falar da Vênus ligada a outros planetas – como Netuno, Urano e Plutão – com a finalidade de entendermos, com mais clareza e precisão, o que o amor nos faz sentir em cada uma dessas relações no mapa natal.

Achou esse post muito curto? O tema está presente no módulo de aspectos, do Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros, conheça melhor a nossa metodologia: www.ciadosastros.com.br

Não perca nenhum vídeo, inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Como funciona a técnica da sinastria? Descubra com o exemplo de Vênus!

Vamos continuar falando de compatibilidade? No post anterior abordamos a técnica da sinastria com o exemplo de Mercúrio. O nosso exemplo de hoje será Vênus.

Compatibilidade é um dos assuntos que mais interessa, obviamente, porque todos querem saber sobre os níveis de compatibilidade para negócios ou relacionamentos amorosos. A Sinastria é o campo da Astrologia que trabalha especificamente com este assunto. É a técnica astrológica através da qual é possível fazer uma série de apontamentos sobre as convergências e divergências existentes entre duas pessoas.

Vênus fala de afetividade e amor, que é um dos pilares de relacionamentos. Pois bem, se compararmos Vênus de duas pessoas conseguimos identificar o nível de compatibilidade amorosa entre elas.

Não quer dizer que uma pessoa não gosta da outra ou vice-versa, em muitos casos se amam. No entanto, o tipo de amor, aquilo que faz com que a pessoa se sinta amada ou a intensidade do amor ou a forma de manifestá-lo, pode não ser exatamente aquilo que faz com que o outro se sinta amado. Por exemplo, Vênus de uma pessoa no signo de Escorpião em relação Vênus de outra pessoa no signo de Aquário. Escorpião tende a ser muito intenso em seus relacionamentos e pedir provas de amor e paixão constantes. Por vezes até enxerga a paixão como sendo a única manifestação de amor, com frases do tipo “fulano não é apaixonado.”, “eu estou apaixonado”, “eu não estou apaixonado”. Aquário, por sua vez, é light. Ou seja, quem ama deixa livre. Imaginem essas duas pessoas se amando e se relacionando, com essas características de demonstração de afeto tão divergentes?

Isso é só um exemplo do que pode ser estudado e entendido nas formas das pessoas se amarem e os seus respectivos níveis de compatibilidade ou incompatibilidade. O estudo da sinastria faz parte do currículo do Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros!

Curtiu? Este é um post baseado nas falas de Márcia Mattos, da Companhia dos Astros.

Inscreva-se no Canal da Cia dos Astros e fique por dentro desse vasto mundo da Astrologia: www.ciadosastros.com.br