Categoria: Ascendente

Ascendente em Libra e os signos das casas astrológicas

Vamos continuar falando sobre o signo ascendente e suas repercussões nas diferentes áreas da nossa vida. Desta vez, nos concentraremos no Ascendente em Libra. Quem tem Libra no Ascendente normalmente tem Casa 2 em Escorpião, Casa 3 em Sagitário, Casa 7 em Áries, a Casa 10 em Câncer e por aí vai.

Quando pegamos essa amostragem com o método de casas iguais, como estamos fazendo, se você tem Ascendente em Libra seu comportamento tende a ser mais voltado para a cordialidade, para certa necessidade de agradar. Há uma possibilidade de você se preocupar bastante com a aparência, com a estética e a forma como você se exibe para os outros.

O modo de adquirir recursos de quem tem Ascendente em Libra costuma ser através de algo bem profundo, que provavelmente precise de um intenso mergulho, como a Psicologia. Embora muitos possam não ser psicólogos propriamente ditos, mas estudiosos do assunto ou de algo que entenda as motivações ocultas das pessoas. Atuar em parcerias com instituições ou gerenciar recursos de terceiros ou, ainda, de pessoas já falecidas, é uma possibilidade.

Quem tem Ascendente em Libra costuma ser bastante cordial, tendo uma percepção aguda dos outros no sentido de como ceder, como dialogar, como negociar com habilidade. Se continuarmos considerando esse sistema de casas iguais, é interessante observar que aCasa 3 está em Sagitário, o que significa que, apesar da cordialidade do Ascendente, numa conversa mais trivial, o indivíduo perde um pouco daquele jeito super refinado de agir, ou seja, começa a colocar as questões de forma mais objetiva, demonstrando mais diretamente sua sinceridade.

Geralmente, o Ascendente em Libra em contato com outras pessoas – sejam cônjuges, sócios, parcerias sociais – aprendem, nem que seja na marra, a se autoafirmarem. Isso se deve à casa 7, dos relacionamentos, estar no assertivo signo de Áries. Já na Casa 10 de quem tem Ascendente em Libra, normalmente, está no signo de Câncer. O indivíduo tende a ser conhecido como uma pessoa amorosa, ainda que não o seja na vida particular, mas na vida pública. Tende a ser visto como uma pessoa envolvente, nutridora, lidando com legados familiares ou com assuntos emocionais na vida profissional. Aliás, alguns vão trabalhar literalmente na área de nutrição, outros podem
mexer com imóveis.

Gostou? Este é um post baseado nas falas de Carlos Hollanda, da Companhia dos Astros!

Inscreva-se no Canal da Cia dos Astros e fique por dentro desse vasto mundo da Astrologia: www.ciadosastros.com.br

Se você achou esse post muito curtinho, conheça o Curso da Cia dos Astros: www.ciadosastros.com.br

Ascendente em Gêmeos e os signos das casas astrológicas

O Ascendente em Gêmeos, ao usarmos o sistema de Casas Iguais, tem, normalmente, a casa 2 em Câncer, a casa 7 em Sagitário e a casa 10 em Peixes. Geralmente quem tem ascendente em Gêmeos tem uma capacidade fantástica de se comunicar bem, ser multifacetado e ter uma articulação mental muito ágil. Por outro lado, quando vai lidar com as questões financeiras da casa 2 é mais fácil que ela consiga captar recursos trabalhando com o cuidado de outras pessoas, o ramo da alimentação ou até mesmo o ramo imobiliário de terceiros ou o próprio.

Quando falamos da casa 7 do Ascendente em Gêmeos, que está em Sagitário, o Gêmeos – que é racional – vai encontrar no Sagitário um parceiro que privilegia a aventura. A parceria com outras pessoas acaba ganhando estímulo, seja afetos amorosos, de amizade ou profissionais, por intermédio de alguma atividade em conjunto que promova muito entusiasmo, sobretudo no parceiro.

Já a casa 10 em Peixes tende a revelar um lado cuidadoso, uma pessoa piedosa, o que soa até estranho para um Ascendente em Gêmeos, tão ágil e falador. Mas isso acontece justamente por causa dessa casa 10 em Peixes, revelando uma pessoa empática,         preocupada em cuidar das outras pessoas. Por outro lado, podem acabar demonstrando dificuldade de tomadas de decisões ligadas à profissão, por não se sentirem encaixadas facilmente em nenhuma delas ou, o extremo oposto, ser hábil em muitas coisas, sem conseguir se fixar em uma.

Curtiu? Este é um post baseado nas falas de Carlos Hollanda, da Companhia dos Astros.

Inscreva-se no Canal da Cia dos Astros e fique por dentro desse vasto mundo da Astrologia: www.ciadosastros.com.br

Ascendente, o Sol e a Lua

É muito comum haver uma confusão entre o conceito de signo ascendente e o signo solar, principalmente para quem está começando a estudar astrologia. Por isso, é fundamental esclarecer quais são as principais diferenças entre o Sol, a Lua e o Ascendente. Essa tríade é a parte mais importante da análise de um mapa natal, já que quase 70% da psiquê, por assim dizer, ou do comportamento que a pessoa vai ter está baseado no Sol, na Lua e no ascendente.

Como o Sol todo ano ele passa pelos mesmos signos na mesma época, muitas pessoas tendem a pensar que ele é o aspecto mais importante a ser levado em consideração. Claro que ele possui sua importância, mas ainda há o Ascendente, a Lua e mais oito planetas importantes, que junto com o Sol irão formar a sua personalidade, talentos e dificuldades (daí a importância do seu mapa natal). O seu signo solar é a sua essência. Sua forma de enxergar a vida e seu lado ativo (ou masculino), também indicando como vemos a nossa relação com nosso pai.

A posição da Lua por outro lado também tem um papel super importante, e um conceito completamente diferente do Sol. Pode estar no mesmo signo do Sol ou em outro, o que á mais comum. Diz muito sobre nosso lado reativo, ou seja, como nós reagimos emocionalmente ao que acontece no ambiente externo a nós. Como nos sentimos nutridos emocionalmente e também fala muito sobre a nossa relação com a nossa mãe.

Já o ascendente tem a ver com o corpo físico. É a cúspide da casa 1 no seu mapa astral, ou seja, é o signo que está surgindo no horizonte no exato momento do seu nascimento. Já falamos sobre as cúspides nesse post. A posição do ascendente dá uma volta completa no zodíaco a cada 24 horas. Por este motivo, ele muda de um signo para outro constantemente. A partir disso, é muito importante que a hora de nascimento seja o exato momento em que você nasceu para a elaboração do seu mapa natal. O ascendente revela o comportamento que preferimos adotar inconscientemente, apesar da nossa essência (Sol e Lua). É a primeira impressão causada por nós aos outros: nossos traços físicos, nossa maneira de falar, de mexer muito com as mãos ou não; ser mais retraído ou ser menos; ser mais expansivo ou não. Ele é a roupa que “vestimos”, nossa máscara social. Há casos, por exemplo, em que nosso ascendente é completamente diferente do Sol e a Lua. Nesse caso, resguardamos nossas emoções e nossa essência e revelamos essa máscara social inconscientemente.

Gostou desse post? Inscreva-se no nosso canal no Youtube!