A Cruz do Mapa Natal e seus 4 pontos cruciais

A Astrologia trata de um universo muito amplo de temas que tocam a vida humana, o indivíduo e suas circunstâncias de vida. Diante de qualquer fato, existem quatro pontos cruciais que se apresentam diante dos seus olhos nas mais variadas situações. O primeiro diz respeito a tudo aquilo que vem de dentro, o seu mundo interior e suas condições internas. Aquilo que faz com que seja determinado estado de espírito seja provocado em você.

O segundo diz respeito aos outros, aqueles que surgem diante de uma situação e são aquelas pessoas – colaboradores ou parceiros – com quem você é obrigado a lidar.

O terceiro ponto trata das condições externas: o mundo lá fora e tudo aquilo que é exterior a você, que inclusive pode ser um elemento facilitador ou perturbador, embaraçando ou desembaraçando a situação. Finalmente, o ponto que diz respeito a você: como é o seu comportamento diante das mais diversas circunstâncias; como você conduz a situação e como dirige o carro nessa estrada de acontecimentos.

Esses quatro pontos estão apontados no mapa natal, através da cruz do mapa; Ascendente, Fundo do Céu, Descendente e Meio do Céu. Dependendo do signo que se encontra em um destes quatro pontos, os planetas que estão posicionados nas casas 1, 4, 7 e 10, e do formato ou do desenho das condições que estes planetas se encontram, é possível descrever com detalhes o desempenho desses 4 pontos.

Dessa forma, é possível antecipar qual é a natureza dessas situações que se apresentam em relação ao seu mundo interno, suas condições de alma, o seu encontro com os outros nos mais variados eventos, as condições externas e como você maneja individualmente cada uma dessas situações.

Achou esse conteúdo muito curto? Nos próximos conteúdos descreveremos separadamente cada um desses pontos com alguns exemplos de como funcionam signos e posições planetárias.

Conheça o Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: https://www.ciadosastros.com.br/

Como funciona o Mapa Composto?

Todo mundo já ouviu falar de Sinastria, mas nem todos sabem como funciona um Mapa Composto, embora ele seja extremamente assertivo. Para que você entenda como funciona a dinâmica do mapa composto é importante pensar no seguinte: quando duas pessoas estão juntas existem dois mapas natais diferentes, mas quando elas interagem existe uma energia resultante da soma destes mapas.

A Astrologia consegue medir a interação entre dois mapas astrológicos, mostrando de que forma essas energias se encaixam, a partir do cálculo dos pontos médios dessa interação de pessoas. Esse cálculo pode ser feito para amigos, casais, mas também combinando diversos mapas.

Vamos supor que duas pessoas estejam interagindo e, de repente, chega um terceiro indivíduo. Quando isso acontece há uma mudança na forma de interação, já que em vez de dois mapas passam a existir três. Dessa forma, a energia na dinâmica de grupo também é modificada. Se chegar uma quarta pessoa, a média dessas energias também vai mudar. Outro exemplo de situação é quando você está em um local com algumas pessoas e uma delas vai embora. Dependendo da energia daquela pessoa, o ambiente fica mais ou menos triste, animado, entre outras coisas.

A Astrologia possui uma técnica específica para medir a interação de mapas, tanto para casais quanto para grupos, possibilitando o entendimento das energias combinadas. Achou esse conteúdo muito curtinho e quer saber mais? Conheça o Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: https://www.ciadosastros.com.br/

Céu de Maio

O mês de Maio já começa sob Saturno retrógrado (retrogradação esta que se iniciou em 29/4 e vai até 18/09/19). Será um período positivo para rever tudo o que você achava que estava bem estruturado e seguro, mas pode não estar. Esse período é muito propício para identificar o que precisa ser melhorado em todas as áreas da sua vida e efetivamente fazê-lo. Então, mãos à obra.

Mercúrio faz diversos aspectos logo no início do mês, alguns positivos e outros nem tanto. Primeiro, sofre uma severa quadratura de Plutão do dia 02 a 03/05, o que torna a comunicação penetrante e contundente. É importante ter cuidado com o que fala ou escreve, para não ferir sentimentos e suscetibilidades. Ao mesmo tempo, Mercúrio recebe um trígono positivo de Júpiter no mesmo período, facilitando a comunicação e o pensamento amplo e otimista. Bons insights podem surgir!

Do dia 04  ao dia 07/05 é Marte que se desentende com Júpiter, acirrando os ânimos competitivos e podendo gerar desavenças. O ideal é direcionar todo esse excesso de energia em atividades mais salutares, como esportes, ginástica ou ações em que você possa atuar de forma mais autônoma e independente da intenção dos demais, a fim de não desperdiçar todo o potencial em conflitos e não avançar no que precisaria.

Mercúrio ingressa em Touro em 06/05 e fica neste signo até 21/05. Isso faz com que a forma de pensarmos e de aprendermos fique mais lenta, literal, mas ao mesmo tempo prática. Se você tiver que fazer um comunicado ou palestra ou, até mesmo, ensinar alguém neste período, procure ser bem direto e use uma abordagem o mais concreta possível. Evite o raciocínio subjetivo enquanto Mercúrio está em Touro, será muito mais eficaz. Por outro lado, o que se aprende tende a ser bem assimilado e dificilmente esquecido. Saturno dá uma bela tolhida em Vênus de 06 a 08/05, dificultando bastante as relações sociais e afetivas. Como se não bastasse, Plutão também incomoda Vênus no período de 08 a 10/05, o que pode causar rupturas em relacionamentos. Outro problema que precisa ser alertado é a possibilidade de perdas financeiras com Plutão/Vênus nessa vibração. Por isso, cuidado com atividades que envolvam risco financeiro nesse período, ou seja, investimentos e empréstimos.

Mercúrio e Urano entram em conjunção entre 07 e 08/05, o que pode propiciar insights e ideias criativas para solucionar velhos problemas. Com o Sol em sextil a Netuno de 07 a 10/05, a dica é não deixar de ouvir a sua intuição. Ela estará mais presente e assertiva do que de costume!

Finalmente, Vênus e Júpiter em harmonia entre 08 e 10/05 será um presente para as uniões afetivas, os relacionamentos amorosos e os encontros sociais. Que tal um jantar num lugar diferente? Aproveite o que o céu oferece!

A seguir, há diversos aspectos positivos no céu. Começando por Saturno em trígono ao Sol de 10 a 12/05, favorecendo o recolhimento do seu esforço, principalmente por superiores hierárquicos ou pessoas mais velhas. Logo depois, de 12 a 15/05, Sol e Plutão também fazem um trígono, aumentando a autoconfiança e sensação de empoderamento pessoal. No meio de tudo isso, Marte/Vênus em harmonia de 12 a 15/05 facilita a paquera, o flerte e os prazeres que só os pares afetivos vão curtir. Mercúrio em sextil com Netuno entre 15 e 16/05 ainda vai privilegiar a linguagem não verbal, o que pode ser bem interessante para os casais nesse momento.

No dia 15/05, Vênus passa a transitar pelo signo de Touro até 08/06, dando um toque de sensualidade e sedução às parcerias românticos. Marte também muda de signo e entra em

Câncer a partir de 16/05 até 010/7, fazendo com que as iniciativas sejam mais direcionadas à proteção das pessoas mais íntimas e próximas de nós. As ações e as reações com o mundo externo também passam a ser mais cautelosas e menos diretas.

Mercúrio fica em harmonia a Saturno e a Plutão entre 16 e 18/05, facilitando o raciocínio profundo e prático. Questões complexas e que dependem de um exame profundo poderão ser melhor equacionadas nesses dias.

Vênus e Urano ficam juntos de 17 a 19/05, fazendo com que tenhamos maior necessidade de estimulação social. É um bom momento para paquerar ou fazer algo bem diferente a dois. Logo a seguir, entre 20 e 24/05, Marte e Urano também ficam de bem, propiciando a superação de obstáculos de maneira inovadora e criativa, inclusive facilitando a liderança de grupos, desde que ordens não sejam impostas. Como o Sol e Mercúrio estarão conjuntos entre 20 e 22/05, será um período especialmente criativo e intelectualmente estimulante.

O Sol entra no signo de Gêmeos no dia 21/05, marcando o início de um período em que a comunicação, o networking, o ensino e aprendizado ficam bem mais enfatizados. No entanto, é aconselhável tomar um certo cuidado com as transações comerciais, as comunicações e os deslocamentos, enquanto Mercúrio e Netuno ficam se desentendendo, o que ocorre de 29 a 30/5, pois a chance de mal-entendidos e enganos aumenta bastante. No mesmo período, Vênus e Netuno vão criar o clima necessário para aproveitar tudo o que possa encantar a alma: um bom filme, uma boa música, artes ou um ótimo jantar romântico.

Logo a seguir, Vênus faz trígono a Saturno, de 30 a 31/5, ajudando a consolidar a conexão sentimental iniciada logo antes por Netuno.

Mercúrio oposto a Júpiter de 30 a 31/05 também deve provocar uma forte estimulação intelectual no finzinho de mês. Por isso, não se surpreenda se tiver que viajar ou fazer diversos deslocamentos pela cidade nesses dois dias.

Progressões secundárias: Lua progredida em quadratura com Vênus Natal

A técnica de progressões secundárias é uma das muitas técnicas astrológicas utilizadas para compreender as mais diversas situações. Nas progressões secundárias, por exemplo, a Lua assume um fator preponderante, podendo ter efeitos muito mais rápidos do que toda a gama planetária no mapa natal.

Você pode, por exemplo, selecionar a Lua progredida em quadratura com Vênus para análise. Trata-se de um aspecto difícil, que fala sobre os relacionamentos. É possível saber como são as trocas e partilhas, se o relacionamento é baseado na troca de amor e afeto ou se há outros tipos de partilha, como nas relações de contrato. Sob um aspecto tenso, como no caso de uma quadratura, normalmente haverá algum ponto de dificuldade ou bloqueio. Alguns podem ter até algum colapso na relação, claro que para que isso ocorra a relação já deve estar desgastada. Nesse sentido, alguns relacionamentos chegam ao fim, outros precisam ser recondicionados. Também podem ocorrer dificuldades com os parceiros de afeto, curiosamente isso também vai atingir outros níveis, para além dos relacionamentos. De que forma? Fisicamente, ou seja, o corpo também será atingido ou os objetos que você utiliza no dia a dia.

Vênus pode revelar uma vulnerabilidade – lembrando que vulnerabilidade não é fatalidade – no aparelho reprodutor interno, rins ou região lombar, por exemplo, que são áreas propensas a problemas quando você passa por uma Lua progredida em quadratura com Vênus. Outras situações possíveis de se vivenciar são as de lentidão em contratos, pactos ou dificuldades de formular acordos. Algumas pessoas podem ter dificuldades com mulheres mais novas, porque Vênus está ligado ao feminino, ou ainda mulher bonitas, já que o planeta também está ligado a estética. Outros terão dificuldades com librianos ou taurinos – lembrando que se trata da ênfase, não do Sol. Pode ser Sol, Lua, Ascendente ou outros planetas. A dificuldade preponderante será a de entrar em acordo.

O Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros demonstra como esse aspecto pode afetar outras instâncias da sua vida, ou seja, como essa quadratura da Lua com Vênus pode atingi-lo em relação aos seus filhos ou processo de criação, entre outras coisas.

Curtiu esse conteúdo? Ele é só uma prévia do que você vai estudar em Progressões no nosso curso! Saiba mais: www.ciadosastros.com.br

Casa 12 e a atuação de forças ocultas

A Casa 12 é uma das áreas mais complexas do mapa natal, porque é um desafio entender e explicar a atuação dos planetas e dos signos posicionados nesta casa. No entanto, o maior desafio é vivenciar as diversas situações que surgem diante dos nossos olhos perante a Casa 12.

Essa casa em questão está ligada a todas as experiências da vida que fogem ao nosso controle. Como todo mundo possui uma Casa 12 no mapa natal, inevitavelmente,  todos enfrentam as situações que surgem quando estão diante do desconhecido, imponderável ou de quando não há nada a fazer.

Essas situações vivenciadas no âmbito da Casa 12 ultrapassam nossos desejos, possibilidades e iniciativas. É por assim dizer que as situações surgirão, independente das interferências e atos que você possa produzir. É uma área de baixíssima atuação do EU. Essas situações tem a ver com as circunstâncias da vida, com as linhas do destino, com as conjunturas e, é claro, com o inevitável.

Um exemplo muito prático de situações vividas na Casa 12, por exemplo, seria estar em um engarrafamento e enxergar mais a frente quilômetros de carros num viaduto que você terá que atravessar. Não se pode fazer nada, a não ser seguir o fluxo. Outro exemplo: a pessoa está no aeroporto para embarcar e os vôos foram cancelados, porque está sem teto para decolagem, outra típica situação que não depende de você. O mesmo aconteceria durante uma intervenção cirúrgica na qual o paciente está anestesiado portanto, fora da cena e tudo que se pode fazer é confiar na perícia do cirurgião, assim como do piloto, e esperar que tudo ocorra da melhor maneira possível.

Dependendo do planeta e do signo que estiverem na Casa 12, ou até mesmo de quantos planetas estiverem posicionados nela, o mapa vai descrever como a pessoa vivencia esse tipos de situações, o nível de entrega, de aceitação ou não aceitação, de comunhão ou não com aquela tal circunstância do imponderável. Dependendo das condições da Casa 12 é possível saber, ainda, se a pessoa é do tipo que não faz as coisas quando estão ao seu alcance, por exemplo, mas que de repente resolve atuar justamente naquela situação que está além da sua capacidade de gerenciar.

Em resumo, a Casa 12 remete a tudo aquilo que é imponderável e desconhecido. As circunstâncias pioram ou suavizam, elas vem em auxílio ou são complicadoras da situação. Curtiu esse conteúdo?

Descubra mais sobre as forças ocultas da Casa 12, no Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: www.ciadosastros.com.br

 

Nodos Lunares

É impressionante interpretar os Nodos lunares e perceber que esses pontos fazem sentido na vida de cada um de nós. Nesse post você vai entendê-los, não como Nodo Norte ou Nodo Sul, mas como eixos.

Esse eixo, também chamado de Eixo Nodal, caminha em movimento retrógrado, ao contrário do movimento natural dos planetas, e possui um ciclo zodiacal de cerca de 19 anos, ou seja, 1 ano e 7 meses aproximadamente por signo. A cada 19 anos e meio aproximadamente, parece que há um estalo que nos empurra para algum tipo de vivência importante. Isso acontece toda vez que ocorre esse Retorno Nodal, como é chamado. Ou seja, somos impelidos a fazer algo em determinada direção.

O significado essencial, Nodo, quer dizer nó. Então, quando falamos de nó, é como se se pegássemos dois pedaços de barbante, os entrelaçamos e os juntamos. Essa amarração significa simbolicamente um encontro. Eram dois pedaços que estavam sozinhos, foram entrelaçados e formaram, então, um vínculo, um nó. Na Astrologia cada palavra é carregada de significados simbólicos, então, nesse contexto, nó, encontro e vínculo, são palavras escolhidas para representar as questões ligadas aos Nodos Lunares. Entre outros fatores do mapa, os Nodos Lunares proporcionam a formação de vínculo entre pessoas, de acordo com as características do Eixo Nodal natal e de trânsitos do Eixo Nodal sob os demais pontos do seu mapa.

Mas o que é o Eixo Nodal, afinal? É o encontro entre a trajetória da órbita do Sol com a trajetória da órbita da Lua em relação à Terra. Simbolicamente, é também o encontro do masculino (Sol) com o feminino (Lua). Quando pensamos em termos Nodos Lunares, sempre remetemos a essa conexão e ligação entre masculino e feminino. Portanto é como se fosse um casamento, tanto no sentido literal como no figurado, por exemplo quando você conhece – encontra – alguém que muda a direção da sua vida. Essa situação simbólica tem a ver com os Nodos Lunares.

Os Nodos Lunares também são chamados de Cabeça e Cauda do dragão. A cabeça (NodoNorte); cauda do dragão (Nodo Sul). Imagine que você é um dragão: sua cabeça está voltada para uma direção e sua cauda para a direção oposta. O Eixo Nodal também pode ser entendido simbolicamente como o movimento de onde você veio para onde você vai.

O Eixo Nodal também revela a entrada de pessoas significativas na sua vida. É o encontro que traz uma espécie de luz e muda a sua rota, como por exemplo: alguém na sua empresa disse pra você estudar informática e você achou a ideia interessante, embora nunca tenha pensado na possibilidade anteriormente. Colocando o estudo em prática, de repente, você se vê num rumo promissor. Esse é o típico encontro provocado pelo Eixo Nodal, aquele que muda a direção da sua vida.

Outro significado interessante é o do Nodo Norte, que remete ao tipo de elo que se busca numa relação ou relacionamento. Se voltarmos para o símbolo do dragão, podemos pensar no seguinte: se você veio da cauda, lá já conhece tudo. No entanto, à medida que você vai caminhando na direção apontada pela cabeça do dragão, plim: encontra o novo. É aí que as novidades podem acontecer, portas podem se abrir, pessoas significativas podem aparecer e é também a partir de lá que o universo se abre. É isso que o Nodo Norte indica: para onde a sua vida pode caminhar para que as coisas deem certo.

Finalmente, é importante pontuar que não se deve desprezar o Nodo Sul (cauda) em detrimento do Nodo Norte (cabeça). Na verdade, um não nega o outro. O que ocorre é que somente usando a força do Nodo Sul (o nosso comportamento automático) é conseguimos buscar com sucesso a direção do Nodo Norte (o que nos desafia, nos mete medo, mas pode abrir incríveis possibilidades).

Curtiu esse conteúdo, mas achou ele muito curto? Venha estudar os Nodos Lunares e muito mais, no Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: www.ciadosastros.com.br

*Esse conteúdo foi baseado em apenas uma parte da Palestra que Sérgio Pupo fez em

fev/19 num evento do SINARJ sobre Nodos Lunares.

Você pode assistir a palestra completa no Youtube aqui!

Futuro: como você lida com ele?

O futuro é um assunto bastante interessante e curioso, mas o que será que a Astrologia diz sobre ele?

Algumas pessoas se programam para a vida lá na frente; “ah, eu vou me aposentar aos 65 anos”, “vou viajar para tal lugar daqui a 5 anos” ou “vou mudar de casa daqui a 2 anos”, por exemplo, são afirmações bem comuns de se ouvir. Por incrível que pareça essas pessoas planejam, programam e conseguem esses projetos de vida com muita facilidade. São pessoas que têm foco e clareza no futuro e executam seus projetos, passando longe do abstrato do “quem sabe um dia”.

Por outro lado, existem aquelas pessoas que costumam usar a expressão “o futuro a Deus pertence”, “um dia”, “eu ei de conseguir” e por aí vai. Como se o futuro fosse algo sem forma, muito vago e a mercê do acaso, do destino e das circunstâncias, fazendo com que elas se sintam direcionadas para este tipo de percepção, porque estão com outro foco na vida.

Existem também aquelas pessoas que jogam possibilidades, ações e tudo o mais lá pra frente, do tipo “quando der, eu faço”. Ações essas que elas teriam a perfeita condição de fazer no momento presente.

Também existem as pessoas que estão extremamente envolvidas com o momento presente, com o imediato. Por isso, tendem a ter uma vida acelerada, com muitas emergências, de modo que elas não têm condições de se imaginar no futuro. Isso pode ser explicado pelas situações vividas, que as trazem sempre para o instante, o agora, o presente.

Esse assunto é abordado pela casa 11 – através dos signos, planeta regente e outros planetas – que mostra como a projeção do futuro funciona na vida de uma pessoa. O tema faz parte do Curso de Formação em Astrologia da Cia dos astros: www.ciadosastros.com.br

Céu de Abril

Há bons aspectos no céu no início de abril. De 05 a 08/04 Mercúrio em sextil a Saturno vai facilitar a implementação de ideias e projetos, que poderão ser criados e colocados em prática de maneira consistente e com um bom senso de realidade. Em seguida, Mercúrio recebe outro sextil, agora de Putão (de 09 a 11/04), aumentando o poder de negociação em qualquer atividade. O problema é que Saturno, entrando em forte desarmonia ao Sol, de 09 a 11/04, irá dificultar as coisas, gerando medo de agir e um certo pessimismo, que não é nada benéfico.

No meio disso, Vênus conjunto a Netuno em Peixes entre 9 e 10/4 pode nos levar a decisões financeiras equivocadas, pois o julgamento – inclusive nas questões afetivas – fica enevoado e tendente à credulidade ingênua. Evite cair nessa cilada. Felizmente logo após esse período, Saturno vai dar um auxílio à Vênus de 11 a 13/04, dando uma certa dose de pragmatismo e objetividade às questões financeiras e afetivas.

Júpiter fica em movimento retrógrado de 10/04 a 11/08, será um bom momento para rever questões judiciais, revisar dissertações de mestrado ou teses de doutorado.

Mercúrio entra em conflito com Júpiter de 11 a 13/04. Além disso, Sol e Plutão se estranham entre 12 e 14/04. É um período tenso, em que a briga de egos e a disputa por vencer as discussões ficam mais acirradas. Procure evitar entrar nessa vibração, pois será uma briga inútil! No dia 14/4, o Sol em harmonia a Júpiter pode tornar mais clara essas questões.

Vênus faz bom aspecto a Plutão de 14 a 15/4, sendo um bom momento para procurar recuperar relações afetivas que não estavam bem, assim como aquela conta bancária que estava no vermelho, mas para isso será necessário empenho e negociações da sua parte. O que pode atrapalhar esse movimento, e que deve ser evitado a todo custo, é o que indica Vênus em desentendimento a Júpiter de 15 a 16/4, quando o impulso para a autogratificação cresce demais. Isso pode levar por água abaixo os esforços de recuperação que Plutão e Vênus podem proporcionar. Procure evitar gastos desnecessários para não se arrepender depois.

Mercúrio entra no signo de Áries de 17/04 a 06/05, tornando as comunicações mais diretas e assertivas. Nesse período, não dê voltas para falar, se quiser deixar seu recado claro. Por outro lado, com a entrada do Sol no signo de Touro, na manhã de 20/04, surge uma maior necessidade de conforto e segurança no lugar da pressa (Sol em Áries). Neste período haverá uma tendência em fazer as coisas com um pouco mais de calma e consistência, privilegiando um balanço positivo entre esforços e resultados. Essa tendência deve permanecer até que o Sol entre em Gêmeos, no dia 21 do mê seguinte.

Entre os dias 21 e 23/04 Sol e Urano ficam conjuntos, aumentando a necessidade de adrenalina e excitação. Um desejo por maior liberdade e autonomia pode surgir eventualmente, desafiando regras e limitações que são impostas pelos outros. Procure usar a criatividade e não a mera revolta para se desvencilhar do que o oprime, isso será bem eficaz no momento.

Netuno enfraquece Marte entre os dias 25 e 19/4. Será um período no qual você poderá se cansar mais rapidamente e, muito provavelmente, levará mais tempo para se recuperar. Netuno ainda poderá dificultar a tomada de iniciativa e a capacidade de lutar pelos seus objetivos. A sensação é de muito esforço para pouco resultado ou resultados muito distantes do que se pretendia. Mas tenha calma, foco e persistência, ok?

No último dia de Abril começam dois aspectos de Mercúrio, à primeira vista, contraditórios. Primeiramente, um sextil com Marte (30/04 a 02/05), que provocará a ansiedade de se mexer, sassaricar pelos arredores, correr ou conversar e trocar informações com pressa. Porém, ao mesmo tempo, Saturno quadra Mercúrio (30/04 e 01/05), criando dificuldades nos deslocamentos e nas comunicações. O segredo é contorná-las sem “dar murro em ponta de faca”, ou seja, se não deu de um jeito, tente de outro e de outro, até que consiga! Isso não impede o sentimento frustrante de tentar várias vezes, mas contornar o problema sem tentar passar por cima do que o restringe vai dar mais certo neste período.

 

Necessidade e desejo do ponto de vista astrológico

A Astrologia trata de temas bastante variados e interessantes, não é verdade? Neste post vamos falar um pouco sobre as diferenças entre a necessidade e desejo, do ponto de vista astrológico.

Quando estamos num estado de necessidade é comum sermos invadidos por uma sensação de urgência, causada pela desnutrição ou carência de algo. Claro, afinal está faltando alguma coisa. Por isso, é comum que se procure por uma pessoa, relação ou um trabalho que preencha essa lacuna. A necessidade reflete o estado de estar em pedaços, em partes, e buscar por algo que preencha o que está em falta.

O desejo não é a necessidade de algo, mas reflete o estado de busca por prazer. O ser aprecia fazer algo que lhe proporcione essa sensação, como o simples fato de estar com alguém, por exemplo. Não é uma situação em que você PRECISA daquilo, diferente da necessidade. No entanto, quando ela ocorre, o prazer invade. O desejo irradia gratificação, alegria e suavidade.

Na linguagem astrológica ou no famoso astrologuês, a necessidade está ligada a Lua. E Vênus, por sua vez, ao desempenho do desejo, do prazer ou da satisfação. Mas na Lua não há escolha, apenas necessidade. Já em Vênus a situação é diferente, porque existe o poder da escolha. Você pode escolher fazer isto ou aquilo, já que está em busca de algo que lhe proporcione satisfação. Por isso, é interessante vermos no mapa natal o estado em que está a Lua e a Vênus, por signo, por casa e por estado dos outros planetas. O intuito é saber como se dá a busca por necessidade e por desejo, pelo poder de escolha, além de saber se as nossas necessidades são atendidas e se fazemos escolhas bem feitas.

Gostou desse tema e quer saber mais? Venha saber mais sobre o Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: www.ciadosastros.com.br

Ferramentas comportamentais: Marte

Uma das coisas mais interessantes no estudo da Astrologia é fazer uso de ferramentas comportamentais, algo que funciona quase como uma ‘magia’ astrológica. Como isso é feito e do que se trata? São atitudes adotadas em conformidade com o que de melhor se pode extrair de um período da vida, mesmo quando ele indica dificuldades. Tomemos como exemplo uma fase em que o planeta Marte está sob algum tipo de tensão (formada por aspectos tensos enviados por trânsitos ou progressões ou outra técnica de previsão): quando tal coisa ocorre com esse planeta, que lida com a sua agressividade e a dos outros, assim como com a necessidade de movimento e de sair da inércia, podemos intensificar nossas atitudes, nos tornarmos mais irritados ou lidarmos diretamente com pessoas rudes. Também podemos sofrer pequenos ferimentos, como quando nos distraímos ao cortar pão ou manipular alimentos e panelas quentes na cozinha, fazendo a barba e até mesmo  queimaduras com cigarro ou incenso. Esses “efeitos colaterais” são comuns com o trânsito de Marte. Entre outros efeitos, podemos pensar que é um período no qual somos desafiados, talvez por outros que nos provocam de algum modo alegando covardia ou falta de capacidade, por exemplo. Nesse contexto a necessidade de responder à altura e prontamente, algo bem característico do comportamento marcial, é bem evidente. A dica é recuar neste momento! Se alguém o apelida de um adjetivo que você sabe que não condiz com quem você é, qual a necessidade de retrucar? Procure contornar a situação, talvez passando a contenda a uma terceira pessoa que não esteja envolvida no problema e não sinta tamanha necessidade de uma resposta intensa, como no seu caso.

Claro que se você ficar encurralado, obviamente, não haverá alternativa a não ser responder. Provavelmente o provocador merecerá a bronca, mas o quanto for possível será melhor manter a distância. Enquanto Marte está aflito por aspectos tensos, não temos a mesma desenvoltura em competições ou enfrentamentos.

Neste período é importante evitar se colocar em situações reconhecidamente perigosas como esportes radicais, por exemplo, que exigem uma revisão de equipamentos de segurança. O ideal é fazer uma revisão bem severa de tudo antes de partir para a ação, caso você não consiga evitar se expor a esses riscos e isso inclui transitar por locais também reconhecidamente perigosos. Não convém contestar autoridades policiais, militares, nem entrar em discussões no trânsito. O que puder evitar, não pense duas vezes: evite, contorne e recue.

Outra dica é respirar fundo antes de lidar com situações estressantes, isso dá tempo para o seu sistema nervoso sedimentar os acontecimentos. Faça quase como se fosse um bom exercício de Yoga; inalando e retendo o ar lentamente algumas vezes. Isso acalmará e permitirá um raciocínio mais claro e uma ligeira redução dos batimentos cardíacos dos mais afoitos. As atividades físicas são sempre aliadas, quando realizadas de forma moderada. Não exagere nessa época com exercícios intensos, já que eles podem resultar em alguma pequena lesão.

As ferramentas comportamentais são bastante úteis e oferecem resultados muito bons para o enfrentamento de fases complicadas, como a mencionada neste post. Gostou desse conteúdo e quer saber mais sobre o assunto? Conheça o Curso de Formação em Astrologia da Cia dos Astros: https://www.ciadosastros.com.br/

Página 1 de 11